• Horário

    8:00 - 15:00

  • Whatsapp

    +244 928 100 688

A ENFERMAGEM COMEMORA O SEU DIA EM ACTO SIMBÓLICO

A ENFERMAGEM COMEMORA O SEU DIA EM ACTO SIMBÓLICO

Para comemorar o 12 de Maio, dia internacional do Enfermeiro, ou melhor, do profissional de Enfermagem, cujo lema para este ano é : “ Levando o mundo para a saúde”, juntou os representantes dos Órgãos da classe no acto simbólico que decorreu numa das salas do Hospital Nacional do Prenda, sob fortes restrições e medidas de prevenção ao Coronavírus.

Secretario de Estado da Saúde para a Área Hospitalar

A cerimónia inédita na história de Enfermagem angolana, foi prestigiada pelas presenças dos Senhores Secretário de Estado para Área Hospitalar, Dr. Leonardo Inocêncio Lisboa Europeu, em representação da Senhora  Ministra da Saúde, Dra Sílvia Valentim Paula Lutucuta, e da Dra Emília Cativa, em representação do Dr. Miguel Gaspar, Director do Gabinete Provincial da Saúde de Luanda.

Director-Geral do Hospital Nacional do Prenda

As palavras de boas vindas foram ditas pelo Director-Geral do Hopsital Nacional do Prenda, Dr. Tomás Cassinda, fazendo as honras da casa.

Directora de Enfermagem do Hospital Nacional do Prenda

A Dra. Isabel Paulo, Directora de Enfermagem da instituição, apresentou a mensagem dos profissionais de Enfermagem, destacando os sacrifícios e  as alegrias destes no exercício desta honrada, abençoada e arriscada profissão, evocando os feitos da Florence Nightingale, padroeira da classe, como exemplo a seguir.

Secretario-Geral do SINDEA

A locução dos órgãos da Classe, proferida pelo Secretário- Geral do SINDEA, Dr. Cruz Matete, enalteceu a nobre missão dos profissionais da Saúde em geral e, da Enfermagem em particular, reconheceu também os esforços do governo angolano na valorização e criação das condições de trabalho dignas, e apontou os aspectos que ainda fazem destes profissionais, misericórdia!

Bastonário da Ordem dos Enfermeiros de Angola

O Senhor Bastonário da ORDENFA, Prof e MSc. Paulo Luvualo, no seu discurso aos profissionais de Enfermagem, reconheceu o empenho destes numa conjuntura dificilíssima e apelou ao respeito do ser humano, pautando por uma assistência baseada em evidências e humanismo. Relembrou sucintamente a trajectória da Enfermagem angolana marcada de lutas mas todas elas vencidas (febre hemorrágica, febre amarela, a título de exemplos), agora a Pandemia do COVID-19, está optimista que sairemos vencedores em esforços conjuntos.  Dr. Paulo Luvualo, desejou feliz aniversário a todos os profissionais de Enfermagem do Pais e do Mundo, e aproveitou  da efeméride para  anunciar a conquista do espaço radiofónico na Emissora Católica de Angola, Rádio Ecclésia, espaço para os profissionais de Enfermagem, das instituições de ensino de Enfermagem, dos órgãos da classe e da população em geral.

A intervenção do Senhor Secretário de Estado da Saúde para Área Hospitalar, circunscreveu-se em seguintes termos: reconhecimento do trabalho daqueles combatentes da linha da frente, as limitações pelo que passam e a vontade do governo em melhorar  esses paradigmas. Saudou efusivamente o trabalho dos profissionais da Saúde que estão a  frente na luta contra o COVID-19 no País.

Momento cultural com o Poeta, Zola Ramos.

Não faltaram risos, música, entre outros atractivos, características da Enfermagem, embora o novo Coronavírus tenha levado parte desta festa profissional.

Moxico em actividade de 12 de Maio.
Cuanza sul em actividade de 12 de Maio.
Lunda Sul em actividade de 12 de Maio.

O dia não passou despercebido pelos órgãos da classe das restantes províncias que celebraram a efeméride em ambientes restritos e sob medidas de prevenção contra o COVID-19: Cuanza-Sul – com a visita da unidade sanitária da Comarca local; Moxico – visitou os Centros de Quarentena  da Província e entregou Certificados de Mérito  aos bravos combatentes da Enfermagem; Lunda-Sul – com a realização da mesa-redonda na Estação Emissora local.

Jornalistas presentes no acto simbólico dos profissionais de Enfermagem.

Queiram acompanhar os momentos que marcaram a efeméride nacional com registos sonoros na quinta-feira, na Emissora Católica de Angola, no espaço “A Voz da Enfermagem em movimento”, das 11 às 12 horas, não perca.