• Horário

    8:00 - 15:00

  • Whatsapp

    +244 928 100 688

Abertura das Jornadas Comemorativas do dia Internacional do Enfermeiro

Abertura das Jornadas Comemorativas do dia Internacional do Enfermeiro

A Ordem dos enfermeiros de Angola iniciou no passado dia 2 de Maio, as jornadas comemorativas do dia Internacional do enfermeiro a comemorar-se no próximo dia doze deste mês.

A chegada da comitiva a cidade de Caxito no dia 2 de Maio, a direcção executiva da ORDENFA, foi recebida pela presidente do conselho provincial do Bengo, Drª Guilhermina Guilherme, a quem o Bastonário Paulo Luvualo, apresentou a delegação que o acompanhava, de seguida foram encaminhados para o Gabinete Provincial de Saúde, onde foram recebidos pela titular da pasta a Drª Victória Cambuandua. Neste encontro o Bastonário da ORDENFA, falou da importância da realização daquela jornada na província do Bengo, com profissionais vindo de todos os municípios da província, já que os cinco cursos proposto visavam potenciar, os enfermeiros na assistência as populações bem como trabalhar nos socorros de vida básico, para os muitos cidadãos que sofrem acidentes nas estradas daquela província, já que a mesma serve de elo obrigatório a quem sai das províncias do Uíge, Zaire para Luanda ou vice-versa, o tratamento de feridas a laser, foi também outro curso sugerido pela ORDENFA, pois constitui uma importante ferramenta de trabalho para as unidades sanitárias. A directora do gabinete provincial de saúde agradeceu a escolha da província para a abertura das jornadas e desejou êxitos no cumprimento da jornada no município do Ambriz.

FOTOGRAFIAS DA AUDIÊNCIA

Seguidamente realizou-se a visita de cortesia a governadora provincial do Bengo, que delegou o seu vice-governador provincial para área política, social e económica Dr. António Martins, que deu as boas vidas a delegação da ORDENFA e como quadro da saúde manifestou satisfação da escolha da província para a abertura da jornada e a realização dos cursos para os enfermeiros, sugeriu a realização de outras acções de formação para os enfermeiros da província e colocou-se a disposição da delegação para qualquer apoio para o êxito do programa. O bastonário da ORDENFA Prof. MSc. Paulo Luvualo, agradeceu a hospitalidade e as condições criadas, aceitou a sugestão para no futuro realizar-se na província outras acções de formação para a melhoria da assistência as populações.

Seguiu então a delegação da ORDENFA, para uma visita as futuras instalações do Conselho provincial do Bengo, e constatou-se que está numa fase já muito avançada de construção. O bastonário, observou de perto os futuros compartimentos, deixou algumas orientações e felicitou a iniciativa do Conselho, que vai criar óptimas condições de trabalho do órgão e vai dar mais dignidade aos seus membros e a organização na província, um exemplo a seguir por todo o país.

FOTOS DA VISITA

O hospital geral da Barra do Dande, é uma unidade de referência no sistema de saúde da província, devido a sua localização, meios técnicos, infra-estruturas e corpo médico, que deve ser reforçado para melhor servir as comunidades. A delegação da ORDENFA liderada pelo Bastonário Paulo Luvualo, foi recebida naquela unidade, pelo Director administrativo e das Directora Clínica e de enfermagem, que de forma guia, fizeram uma apresentação geral da unidade, no que tange as suas capacidades e dificuldades que enfrentam, a grande preocupação dos médicos e enfermeiros que trabalham naquela unidade é a distância que percorrem de suas áreas de residência para o local de trabalho, solicitaram a intervenção da ORDENFA, para junto do governo da província, sugerir a inclusão destes profissionais nos projectos habitacionais da região e nos de construção dirigida, evitando assim os perigos que representam as longas viagens dos profissionais. A delegação visitou a pediatria, sala de consultas e outros compartimentos da unidade.

O segundo dia das jornadas foram realizadas acções de formação em alguns locais, nomeadamente na escola do MAPTSS, no Centro de formação da PETROMAR e na Escola de fuzileiros, onde participaram enfermeiros provenientes de todos os municípios da província do Bengo, que teve a duração do dia todo e com sessões muito concorridas, de acordo com os participantes foi um momento impar que permitiu refrescar, aprofundar conhecimentos e trocar experiencias entre a classe.

Os dois dias de interação serviram também para os enfermeiros de vários municípios da província do Bengo, interagirem com os membros da direcção executiva da ORDENFA, do Conselho provincial de Luanda que também fizeram parte da delegação central da organização.

No último dia da Jornada foi realizada a marcha do enfermeiro, que partiu da entrada da vila do Ambriz, até a Escola de fuzileiros Navais da Marinha de Guerra Angolana, onde se realizou a conferência sobre Deontologia e humanização da enfermagem, que foi dada pelo Bastonário da Ordem dos Enfermeiros de Angola, Prof. MSc. Paulo Luvualo, que falou sobre o comportamento dos enfermeiros nas unidades sanitárias, a importância da proteção da vida, o respeito pelo doente, que é constitucionalmente previsto na nossa constituição, chamou a atenção para se evitarem as constantes reclamações e denúncias de familiares de pacientes que acusam as equipas de saúde de exigirem gasosa para prestarem assistência. Foi uma verdadeira Oração de sapiência que fez recordar aos enfermeiros o seu código de conduta que jurou na altura do termo da sua formação.

Realizada a que foi a última conferência, iniciou então a sessão de encerramento da jornada que foi presidido pelo vice-governador provincial o Bengo para a política Económica e social Dr. António Martins.

A presidente do conselho provincial da Ordenfa, agradeceu a escolha da província para a abertura das jornadas, que proporcionou aos profissionais da província novos conhecimentos de trabalho e lamentou o facto de que muitos cidadãos, deixam muitas vezes de recorrer as unidades sanitárias, preferindo recorrer aos Kimbandas, fez uma especial referência de um caso grave que por razões religiosas, acabou por falecer a parturiente que necessitava de uma transfusão de sangue, cujo esposo não permitiu, preferindo a morte da esposa.

Na sessão houve momentos culturais, teatro, música e dança, marcaram a actuação de grupo Arte Viva.

O Administrador municipal do Ambriz agradeceu também a escolha da ORDENFA em realizar naquela vila, a referida actividade e colocou-se a disposição para albergar futuras actividades da organização no município.

FOTOS DO ADMINISTRADOR

Na sessão de encerramento o bastonário da ORDENFA, Paulo Luvualo, agradeceu a disponibilidade do governo da província do Bengo, da Administração municipal do Ambriz e dos patrocinadores, Petromar e a Escola de fuzileiros navais da marinha de guerra angolana, apelou ao governo da província a ter em conta a situação habitacional dos profissionais da classe que asseguram a prestação de serviços de saúde na província, pois grande parte deles são residentes em Luanda e enfrentam muitos riscos nas constantes deslocações para o local de serviço, pois são obrigados e percorrem muitos quilómetros, apelou ao empenho dos profissionais na assistência as populações.

No final da Sessão foram atribuídos diplomas de agradecimentos as instituições patrocinadoras e aos técnicos diplomas de participação. Foi um momento de festa e confraternização dos enfermeiros das províncias do Bengo, Luanda e dos membros do Conselho executivo da ORDENFA.

BEM-HAJA A ENFERMAGEM EM ANGOLA